Fazei-nos senhor seus instrumentos

Dogmas da Igreja Católica

13/08/2010 16:18

 Na Igreja Católica, um dogma é uma verdade absoluta, definitiva, imutável, infalível, inquestionável e absolutamente segura sobre a qual não pode pairar nenhuma dúvida [1]. Uma vez proclamado solenemente, nenhum dogma pode ser revogado ou negado, nem mesmo peloPapa ou por decisão conciliar [1] Por isso, os dogmas constituem a base inalterável de toda aDoutrina católica [2] e qualquer católico é obrigado a aderir, aceitar e acreditar nos dogmas de uma maneira irrevogável [3].

Os dogmas têm estas características porque os católicos confiam que um dogma é uma verdade que está contida, implicita ou explicitamente, na imutável Revelação divina ou que tem com ela uma "conexão necessária[3]. Para que estas verdades se tornem em dogmas, elas precisam ser propostas pela Igreja Católica diretamente à sua  e à sua doutrina, através de uma definição solene e infalível pelo Supremo Magistério da Igreja (Papa ou Concílio ecuménicocom o Papa [4]) e do posterior ensinamento destas pelo Magistério ordinário da Igreja. Para que tal proclamação ou clarificação solene aconteça, são necessárias duas condições:

  • o Sentido deve estar suficientemente manifestado como sendo uma autêntica verdade revelada por Deus [5];
  • a verdade ou doutrina em causa deve ser proposta e definida solenemente pela Igreja como sendo uma verdade revelada e uma parte integrante da  católica [5].

Mas, "a definição dos dogmas ao longo da his tó ria da Igreja não quer dizer que tais ver dades só tardiamente tenham sido re veladas, mas que se tornaram mais cla ras e úteis para a Igreja na sua progres são na fé[6]. Por isso, a definição gradual dos dogmas não é contraditório com a crença católica de que a Revelação divina é inalterável, definitiva e imutável desde da ascensão de Jesus.

Os mais importantes dog mas, que tratam de assuntos como a Santíssima Trindade e Jesus Cristo, "fo ram definidos nos primeiros concílios ecuménicos; o Concílio Vaticano I foi o último a definir verdades dogmá ti cas (primado e infalibilidade do Papa)". As definições de dogmas "mais recentes estão a da Imaculada Conceição [...] (1854) e da Assunção de Nossa Senhora [...] (1950)[6].

© 2010 Todos os direitos reservados.

Crie um site gratuitoWebnode